quarta-feira, 21 de julho de 2010

Convivência com o akita

A cada dia que passa a raça akita toma mais e mais espaço na vida dos brasileiros, sejam eles decendentes de japoneses ou não, a popularização da raça se dá por inumeros motivos, temperamento equilibrado, limpeza, silêncio na guarda, etc... assim sendo crescem também as dúvidas sobre a raça, seja sobre o seu temperamento, o convivio no seio da família, alimentação e cuidados, nesta matéria vamos mesclar informações de publicações consagradas, como revistas, livros e algumas experiência pessoais e relatos de proprietários tentando assim elucidar um pouco mais desta raça tão singular.Boa leitura.
COM GENTE DE CASA

O Akita elege um dono preferido ao qual ele se liga e se dirige com maior frequência, embora se apegue e obedeça a todos os membros da família.É um dos cães que menos solicitam a atenção do dono.Quando adulto, torna-se independente e se dá por satisfeito com alguns afagos, sem procurar companhia em tempo integral.Em vez de acompanhar o dono de um lado para o outro, prefere segui-lo com o olhar, só se dirigindo á ele se perceber a necessidade de sua presença ou algo curioso que chame sua atenção.

OBEDIÊNCIA E EDUCAÇÃO

O Akita não é de ficar testando a liderança do dono de maneira acentuada, ao contrário do que acontece com várias outras raças.A vantagem dessa característica é que até mesmo o dono inexperiente em lidar com cães consegue ser respeitado nos limites que impoe.Se um Akita for educado desde pequeno, com bom senso e respeito, e ensinado a não frequentar determinados lugares e a não tocar em certos objetos, adotará o comportamento desejado.

GRAU DE ATIVIDADE

A posição favorita do Akita é ficar deitado.Ás vezes, ele se levanta, dá uma volta, e rotorna ao seu repouso.Esse estilo pacato o torna interessante para quem quer um cão grande em pequenos espaços ou em ambientes internos.Apesar de não se movimentar muito por iniciativa própria e de não precisar de muito exercício, é um bom acompanhante em caminhadas e brincadeiras.

COM PESSOAS AMIGAS, E DE FORA DE CASA

Desconfiado por natureza, o Akita não festeja a chegada de estranhos, nem abana a cauda para elas.Mesmo quando são amistosos e só dão sinais de respeito e paz, como falar baixo, evitar gestos bruscos e ficar perto de alguém da casa.Com estranhos, o Akita se mantém reservado, observando.Dificilmente faz amizade com qualquer pessoa, mas, depois de ser conquistado, torna-se um grande amigo.Em abraços calorosos e tapinhas nas constas dados ao anfitrião pela visita, o Aktia pode presentir risco para o dono e entrar em prontidão para o ataque.Se um desconhecido amigável tentar fazer carinho no cão, poderá ouvir um rosnado baixo e levar até uma mordida, sem aviso prévio.

LIMPEZA E HIGIENE

O Akita adquire hábitos de higiene rapidamente e costuma fazer suas necessidades longe de onde fica e de onde come, nem que tenha de esperar horas até ser solto.Não é também um cão que deixe cheiro pela casa.

NA GUARDA

A raça faz defesa por instinto com um estilo tranqüilo e discreto.Alerta, prefere ficar em pontos estratégicos, a partir dos quais possa ter uma visão ampla de seu território.Em último caso, diante de ameaça, o Akita pode latir como advertência, mas sem estardalhaço.Por exemplo, se alguém parar no portão e não tocar a campanhia.Ou se uma pessoa fizer gesto brusco ou for mal-encarada.Quanto a invasores, o Akita não costuma perdoar.Defende seu território em silêncio, agindo de surpresa.Ao passear com um Akita - sempre de guia e coleira ou enforcador - deve-se evitar ou supervisionar o contato com outros cães e pessoas estranhas.

DESTRUTIVIDADE

Morder tênis, sapatos, roer um portão de madeira ou até mesmo puxar roupas do varal são passatempos típicos de qualquer filhote de cão que se preze.O de Akita não foge a regra.Mas passado o primeiro ano de vida, ganha juízo e se torna um cão bastante bem comportado.

O USO DA VOZ

O Akita tem a justa fama de ser o mais silencioso entres os guardiões.Seu latido, rouco e baixo, é ouvido eventualmente.Costumausá-lo para dar alarme ou para, ás vezes, se comunicar com o dono.pode ser que não haja mais água no bebedouro, ou que uma porta, que deveria estar fechada esteja aberta.

COM DONOS MIRINS

Toda criança deve ser orientada a agir com respeito e delicadeza com os animais, isto é básico para a boa convivência.Na lida com o Akita, este preparo é especialmente importante.Diante de brincadeiras insistentes ou bruscas, os cães da raça costumam se afastar e se recolher a um de seus locais favoritos.Mas, se este incomodo persistir, eles podem rosnar em sinal de advertência ou até mesmo dar uma mordida de aviso.

COM CÃES E ANIMAIS

O Akita adulto se sente dono de seu território.Não tolera desafios.A intolerância é mais acentuada nos machos, mas ocorre também nas fêmeas, sendo que a incsidência de brigas entre elas ocorre com maior intensidade quando uma delas ou ambas estão no cio.Se um Akita adulto se sentir desafiado, o mais provavel é que responda com briga feia.Por isso, a recomendação é evitar colocar juntos exemplares do mesmo sexo.pode haver excessões? Sim elas sempre existem, mesmo assim é melhor não confiar e ficar de olho.É possivel o convívio entre akitas dois Akitas ou entre um Akita e um cão de outra raça quando são de sexos diferentes.Ou, então, se o Akita crescer junto com um cão do mesmo sexo que já estava na casa, a chance de aceitá-lo quando adulto será maior, desde que o outro cão não o importune.Para um Akita conviver pacíficamente com outros bichos, como gatos e aves, precisa ser acostumado a eles desde pequeno.

OS CUIDADOS DO DIA A DIA

Condicionamento físico - O Akita precisa de exercícios sim, mas sem exageros.Para atender ás necessidades básicas da raça, basta oferecer uma pequena área para voltinhas de vez em quando.Uma caminhada de seis ou sete quilômetros por dia, em passos rápidos, proporciona um ótimo condicionamento físico ao Akita.

Banhos - Recomenda-se dar banho no Akita a cada 3 meses, e manter uma escovação semanal fora da troca de pêlos e escovação diária na época das trocas a cada seis meses, pois o Akita não tem odores fortes.Na hora do banho, para não remover a oleosidade natural dos pêlos, usa-se xampu especial para cães e água morna no inverno e água fria no verão.A recomendação é também válida para não provocar choque térmico no cão, mantido aquecido por sua pelagem.Para não ressecar os pêlos, usa-se o secador ou o soprador - mais recomendado - com ar frio.No inverno, convém dar o banho em dia ensolarado, no horário mais quente.

Pêlos naturalmente belos - A manutenção da pelagem do Akita é simples.Uma boa escovação semanal basta para remover pêlos mortos e manter bonitos os demais.Na época da troca de pêlos, que acontece a cada seis meses, durante 10 a 15 dias, convém fazer escovações diárias.Usa-se escova, do tipo pin brush - escova de alfinetes - ou com pente inox com dentes largos.Para a pelagem do Akita não perder exuberância, convém evitar que ele entre em piscinas, já que os produtos usados na manutenção da água costumam ressecar os pêlos.O Akita não deve ser tosado.Exemplares que participam de exposições podem ter os pêlos aparados no contorno das patas, para intensificar o formato arredondado delas, bem como na barriga em direção ao ventre e em volta do ânus para nivelá-los.

Piso - É importante não deixar o Akita em pisos escorregadios.O piso ideal é anti-derrapante.Além de ajudar a desgastar as unhas e mantê-las lixadas naturalmente, evita escorregões, prejudiciais ao correto paralelismo das pernas e capazes de favorecer males como a displasia coxo-femoral.O chão também não deve esquentar demais com o sol.Há pisos revestidos com placas de pedra que atendem bem a estas recomendações.por ser grande e gostar de ficar parado ou deitado, o Akita, se ficar sobre superficies duras, pode sofrer formação de calos.Para evitá-los o ideal é que a superfície onde ele fica não esfole a pele com atrito em demasia.Um estrado de madeira serve a esse propósito e evita também o contato com a umidade do solo, responsável por problemas de pele.



Atenção á saúde - Conheça as doenças que acometem o Akita e como identificá-las

Adenite Sebácea

DESCRIÇÂO

Destruição das glândulas sebáceas da pele, provocada por uma pré-disposição racial.

SINTOMAS

O pêlo do Akita fica opaco e seco, e apresenta falhas.A pele fica cheia de bolinhas, que podem ter ou não pus.O pêlo seco adere aos fragmentos de sêbo e pele descamada.

CONSEQUENCIAS

Infecções secundárias por bactéria e fungos.

PREVENÇÂO
não há

TRATAMENTO

Hidratação da pele, suplemento de ácidos graxose drogas específicas



Sindrome de Voght Koyanagi ou Sindrome Úveo-Dermatológica

DESCRIÇÃO

No ínicio, há a inflamação da úvea(conjunto da íris, membrana coróide e músculo ciliar) e, na maioria dos casos, lesões dermatológicas nas palpebras, lábios e no focinho.Em seguida, vem a cegueira repentina.

SINTOMAS

Aparecem normalmente entre o primeiro e o terceiro anos de vida.São: lacrimejamento, córneas opacas, aumento do volume do globo ocular, dor e prostação.

CONSEQUENCIAS

Cegueira

PREVENÇÂO

não há

TRATAMENTO

Não há cura.Imunossupressores podem ser usados para amenizar os sintomas da doença, mas o uso continuado pode provocar efeitos colaterais nocivos.



Pênfigo Foliáceo

DESCRIÇÂO

Doença auto-imune.Causa feridas com pus e crostas na focinho, no abdome e, ás vezes, nas margens das orelhas e nos coxins plantares

SINTOMAS

O primeiro alerta é o focinho descamado e irritado, muitas vezes com sangramentos constantes.Em seguida, surgem bolhas que, quando estouram, deixam uma crosta na pele.

CONSEQUENCIAS

Pode evoluir para a piodermite generalizada(inflamação da pele, com pus), que, por sua vez, leva á nefrite(infecção dos rins), á endocardite(infecção do músculo do coração) e á morte.

PREVENÇÂO

não há

TRATAMENTO

Não há cura.O veterinário pode indicar medicamentos imunossupressores, como os corticóides, para aliviar os sintomas, porém o uso continuado pode provocar efeitos colaterais nocivos.


FONTES

FONTES:

Revista Cães e CIA Número 301 - Junho 2004
Livro Maravilhosos Akitas - Soraya de Castro Guedes
World Union Of Akitas Clubs - http://www.akita.no/
Japan Kennel Club - http://www.jkc.or.jp/
Japanese Akita Club Of America - http://akita-inu.com/

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.

Postar um comentário